O mito do emprego verde

Publicado: fevereiro 12, 2013 em Arquivo BFC!
Tags:, , ,

“A energia nuclear está morta!”, Proclamou o meu chefe em uma reunião da equipe apenas alguns dias após o desastre de Fukushima. “Isso vai ser bom para nós!”, Continuou ele, na esteira de 20.000 mortes, e nenhuma causada ​​pela radiação nuclear.” (fonte: Tony Aadvark blog)

Por Tory Aardvarck

24 de agosto de 2012
(Tradução: Maurício Porto)

O mito de empregos verdes faz parte dos chavões aquecimentistas, a transição para um verde e admirável mundo novo orwelliano onde há eletricidade ilimitada livre de carbono gerada por energia eólica e solar, bem que seria o caso se não fosse por um problema embaraçoso conhecido como intermitência, mais adiante falarei sobre isso.

Um relatório de setembro de 2011 da Câmara dos Representantes dos EUA concluiu que a chamada revolução de empregos verdes falhou globalmente e não havia esta coisa de empregos verdes a longo prazo, então os aquecimentistas mudaram a definição de empregos verdes para praticamente qualquer trabalho existente. Por exemplo, se você trabalha numa loja de conserto de bicicletas é um trabalho Verde, ou se você trabalha como balconista na loja de reparação de bicicletas, isso também é um trabalho Verde.

O problema da energia eólica e solar, além de intermitência, é que nem a tecnologia é economicamente viável sem enormes subsídios verdes extraídos de consumidores através da tributação. Globalmente como governos cortaram os subsídios para os fabricantes de painéis solares e de turbinas eólicas, cortaram postos de trabalho, ou como na falência espetacular no desastre do navio de bandeira verde de Obama com a Solyndra .

Em 2008, Deborah Sloan completou seu mestrado em Engenharia Mecânica na Universidade de Stanford e conseguiu um “Emprego Verde” com uma empresa de energia solar, esta é a sua história:

“Os administradores disseram que eles seriam competitivos com o petróleo e o gás, uma vez que fabricávamos os painéis por US $ 1.00/watt. Mas, como  engenheira mecânica, eu aprendi que a maior parte do custo da energia solar não são os painéis em si, mas os componentes para o “equilíbrio do sistema” (BOS – “Balance of System”) como conversores de CC (Corrente Contínua) para CA (Corrente Alternada), fiação e montagem estrutural, acrescentando cerca de US $ 3.00/watt para um total na melhor das hipóteses de $ 4.00/watt. O carvão e os sistemas hidrelétricos custam um preço tão baixo quanto $ 2.10/watt e US $ 1.00/watt, respectivamente. Eu não encontrei nenhuma evidência de que os custos do (BOS) da energia solar diminuiriam significativamente.

Tampouco alguém tem uma solução para o problema que tem atormentado a energia solar e do vento desde a sua criação: intermitência. A energia solar e eólica vêm de forma intermitente, sem meios para armazená-lo para uso posterior o que aumenta consideravelmente o seu custo já elevado. Assim, a idéia de uma economia em grande escala solar e eólica é uma farsa.”
A questão da intermitência eólica e solar sempre foi ignorada pelos aquecimentistas, juntamente com todas as estações de energia movidas por combustíveis fósseis que ficam no modo de espera para combater o problema de intermitência.

Um parque eólico no Havaí, que estava usando um grande número de baterias para armazenar energia elétrica pegou fogo no início deste mês, a poluição causada pelo incêndio foi um desastre ambiental, então, quando você inclui a enorme pegada ambiental para a fabricação de todos as baterias, e o enorme lago de poluição na região de Batou na China provenientes da fabricação de ímãs para turbinas de vento, estes chamados ícones do Ambientalismo Verde não são nada Verdes.

“Se a indústria estava fundamentalmente improdutiva, assim meus colegas e eu, estávamos perdendo uma quantidade trágica de tempo, de talento enquanto outras pessoas estavam “ganhado uma grana” com uma forma muito inferior de energia quando nós poderíamos estar criando avanços reais em outros tipos legítimos de energia.

Exatamente como o distúrbio que esse “emprego” causou no espírito dos trabalhadores, cada pessoa do alto escalão da energia solar ou eólica deve, eventualmente, descobrir, como eu, que ele não pode competir no mercado, que suas vantagens competitivas são devidas a subsídios do governo e limitações forçadas sobre os concorrentes”.

Mais uma vez a verdade está lá fora, a eólica e a solar não podem sobreviver sem a tributação verde que mata empregos e mergulha famílias em situação de pobreza energética.

“Eu queria poder dizer que as pessoas que trabalham em energia verde sinceramente acreditam no aquecimento global catastrófico. Mas a maioria também rejeita a energia nuclear, a única forma evolutiva de energia livre de CO2, odiando-a como um concorrente ao comemorar o desastre em Fukushima pois este aumentou o sentimento anti-nuclear. “A energia nuclear está morta!”, Proclamou o meu chefe em uma reunião da equipe apenas alguns dias após o desastre. “Isso vai ser bom para nós!”, Continuou ele, na esteira de 20.000 mortes, e nenhuma causada ​​pela radiação nuclear.

Ele estava certo, precisávamos de desastres para competir.

Lembro-me de pesquisar extensivamente as previsões catastróficas do aquecimento global, em seguida, compartilhar evidências contra tal ameaça com o diretor de engenharia, um homem muito inteligente. Eu esperava tanto um contra-argumento científico ou o entusiasmo com a perspectiva de que nós não enfrentamos um desastre sem precedentes do clima e do desastre econômico sem precedentes de um limite de carbono. Em vez disso, ele respondeu que a empresa estaria melhor se o aquecimento global catastrófico fosse iminente. Ele queria que fosse verdade, porque isso nos ajudaria. Nossa empresa não poderia sobreviver por mérito, assim nossos interesses estavam alinhados com a destruição“.

Se você clicar aqui há uma entrevista de uma hora com Deborah Sloan no You Tube.

Anúncios
comentários
  1. Reblogged this on ARQUITETO DA FELICIDADEe comentado:
    Este artigo coloca em xeque o desenvolvimento de uma economia verde de verdade. Vale a leitura!

Exercite seu ceticismo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s