Fotos perdidas mostram que o gelo ártico derretia mais rápido nos anos 30 e 40 do que hoje!

Publicado: junho 2, 2012 em Arquivo BFC!
Tags:, , , ,

Em um estudo divulgado na última edição da revista especializada Nature Geoscience, pesquisadores da Dinamarca e dos Estados Unidos descobriram imagens que indicam que o gelo da Groelândia estava derretendo mais rápido nos anos 30 do que agora.

Segundo informações da Universidade do Estado de Ohio (EUA), os cientistas comparam fotos da época com registros feitos por avião e satélite a partir da Segunda Guerra e acreditam que um rápido período de resfriamento no meio do século XX fez novo gelo se formar. Na virada do século, contudo, começa um novo período de aceleramento do derretimento das geleiras.

“Devido a este estudo, nós conseguimos uma analogia histórica detalhada com a perda de glaciais mais recente”, diz Jason Box, pesquisador de Ohio. “E nós confirmamos que as geleiras são indicadores sensíveis do clima.”

Imagens das regiões geladas antes da era dos satélites são raras. Foi o pesquisador Anders Anker Bjork – líder do estudo e autor do artigo que o descreve – que descobriu nos arquivos do Museu de História Natural da Dinamarca as fotografias e agora tenta compilá-las.

“Estavam limpando o porão quando encontraram algumas chapas de vidro antigas com geleiras nelas. A razão pela qual as chapas foram esquecidas é que elas foram registradas para mapeamento e, quando o mapa estava pronto, elas não tinham mais valor”, diz Bjork.

Os registros foram feitos durante uma expedição à Groenlândia e mostravam imagens aéreas da terra, mar e geleiras no sudeste da ilha, além de fotografias da equipe que viajou. Os pesquisadores digitalizaram o material e usaram programas que notaram as diferenças no formato do gelo da costa. Eles então calcularam a velocidade do derretimento em cada período.

Nesses 80 anos, os pesquisadores destacam dois períodos de rápido derretimento: em 1933/1934 e de 2000 a 2010. Contudo, nos anos 30 a maioria das geleiras que derretia não tinha contato com o oceano, ao contrário de hoje. (Fato esse que pode ser explicado pelo ciclo lunar.) Entre 1943 e 1972, a região voltou a esfriar (…)

O ponto mais importante, destacam os pesquisadores, é que as geleiras responderam impressionantemente rápido a esse período de resfriamento.

Essa notícia foi retirada do Portal Terra, e qual o ponto interessante que fica?

Na década de 30 e 40 a atividade industrial era bastante menos desenvolvida que na década de 60 e 70, porém o gelo ártico nesse período diminuiu. Já na década de 70 com uma atividade industrial muito maior, e portanto mais dióxido de carbono, as temperaturas cairam e o gelo aumentou!

Estranho, se a premissa que se a quantidade de dióxido de carbono for maior a temperatura tambem é maior fosse correta isso não deveria acontecer. Então o que está sendo dominante? O que está “forçando” o clima nesses casos? Bom, essa é um importante discussão porém o carbono mais uma vez se mostra bastante longe do papel de “ator principal” na dinâmica climática.

Os modelos conseguem saber o que é isso, essa forçante dominante? Não. Infelizmente os modelos computacionais contém graves falhas e existem coisas que escapam e portanto tornam a criação de cenários algo bastante distante da realidade.

Querem saber o que os modelos do final da década de 80 e íncio dos 90 previam? Vou lhes mostrar. A fonte é o respeitado NOAA.

Depois de mais de 20 anos da criação desse primeiro cenário percebemos que o que estava previsto não se concretizou. Porém, copiar a mesma “modelagem” e simplesmente mudar as datas sem dúvida não é uma forma correta de ser fazer ciência.

Se quiser saber mais sobre o artigo dos cientistas americanos e dinamarqueses clique aqui.

Além disso, sobre os problemas de modelação de clima um artigo do Dr. Ricardo Felício com a Dr. Daniela Onça: como aquecer a terra em setes linhas!

Culpar o carbono? Será que é essa a resposta?

(raposa do ártico)
Abraços Tropicais!
Anúncios
comentários
  1. comar48 disse:

    Republicou isso em O que eu Quero? Saúde & Dinheiro Agorae comentado:
    Até quando e por quê? continuamos a ser enganados?

  2. tsmaia disse:

    Republicou isso em Farsantes e mentiras climáticas.e comentado:
    Fonte do parceiro Fakeclimate!

Exercite seu ceticismo

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s